fbpx
Dr. Flávio Aquino, Dentista de Próteses e Implantes Dental em Maceió - AL, realizando reabilitações Avançadas.

DEVO DORMIR COM MINHAS PRÓTESES?

Essa é uma pergunta que sempre ouço, ora dos meus alunos na faculdade, ora dos meus pacientes. De forma calma e educada, eu costumo respondê-los com uma outra pergunta, muito simples, mas carregada de analogia: você costuma dormir de sapatos? Como resposta, depois de um susto, na totalidade das vezes, sempre obtenho como resposta um não.

Mas por que uma comparação tão esdrúxula pode responder a uma questão tão importante para a saúde bucal de pessoas portadoras de próteses removíveis parciais ou totais? Porque a simplicidade da comparação é pedagógica: compreender a necessidade de tirar os sapatos ao final do dia, após longas horas de trabalho, todos entendem. Se comparamos está situação com o que acontece com a prótese na boca, guardando as devidas proporções, entenderemos que é  inevitável a necessidade de remover as próteses por certo tempo na cavidade oral.

Chamamos de área basal a região da arcada que entra em contato com a superfície  interna do aparelho protético. Esse íntimo contato entre a superfície de acrílico (prótese) e a fibromucosa de revestimento da arcada que compõe esta área sofrem pressão da camada de saliva presente neste espaço (um dos fatores responsáveis pela retenção do aparelho). Tal situação decorre da necessidade de vedamento, fundamental para que a prótese não caía durante  a mastigação  ou  aconteça o pior: saia de posição quando o indivíduo fala em público.

Assim a renovação do fluxo salivar é importante para os tecidos bucais, pois além de prevenir lesões (como estomatites decorrentes do uso da prótese por longos períodos de tempo) possibilitam às estruturas bucais de suporte uma renovação tecidual fisiológica. E é só através da retirada noturna da prótese que o fluxo salivar nesta região será naturalmente substituído.

Quando a prótese total ou removível estiver fora da boca, o ideal é que ela esteja guardada em estojos plásticos próprios para armazenamento de dentadura. Esses devem também ser limpos diariamente com sabão neutro.

Para finalizar, nunca é demais ressaltar a necessidade da remoção destes aparelhos protéticos após as refeições para limpeza e remoção de resíduos alimentares. Embora próteses apresentem uma superfície lisa e brilhante, elas na verdade são estruturas acrílicas porosas em essência e o acúmulo de alimentos nestas áreas  por muitas horas e o consequente processo de decomposição destes restos  pela saliva acabam por influenciar negativamente  o hálito do portador.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Posts relacionados
ODONTOLOGIA E QUALIDADE DE VIDA
Dr. Flávio Aquino, Dentista de Próteses e Implantes Dental em Maceió - AL, realizando reabilitações Avançadas.

Num papo entre amigos é comum a conversa girar em torno das dificuldades da vida cotidiana, bem como costumeiro, ouvir Veja mais

MIGRANDO DA DENTADURA PARA A SEGURANÇA DAS PRÓTESES SOBRE IMPLANTE
Dr. Flávio Aquino, Dentista de Próteses e Implantes Dental em Maceió - AL, realizando reabilitações Avançadas.

A perda dental é uma sequela devastadora para as funções orais: mastigar sem dentes é um problema complexo, pois o Veja mais

IMPLANTE É A MESMA COISA QUE PRÓTESE?
Dr. Flávio Aquino, Dentista de Próteses e Implantes Dental em Maceió - AL, realizando reabilitações Avançadas.

Perder dentes é problemático porque traz inúmeros danos a saúde bucal, já que funções importantes são afetadas  e refletem  na Veja mais

CUIDE DE SUA ESCOVA DE DENTES
Dr. Flávio Aquino, Dentista de Próteses e Implantes Dental em Maceió - AL, realizando reabilitações Avançadas.

Você sabia que sua escova dental pode ser um foco de problemas?  É verdade! Esse instrumento tão importante para a Veja mais



× Como posso te ajudar?